top of page
  • Foto do escritorSammy

Dicas para iniciantes na dança: como começar e superar os desafios


A dança é uma forma de expressão artística que envolve o movimento do corpo, a música e a emoção. Dançar pode trazer muitos benefícios para a saúde física e mental, além de ser uma atividade divertida e prazerosa. Mas como começar a dançar e superar os desafios que podem surgir no caminho?


Neste post, vamos dar algumas dicas para iniciantes na dança que querem se aventurar nesse universo e aprender os passos básicos de diferentes estilos. Confira!


Escolha um estilo de dança que te agrade


Existem diversos tipos de dança, cada um com suas características, ritmos e técnicas. Alguns exemplos são: ballet, jazz, hip hop, dança de salão, etc. Para escolher um estilo de dança que te agrade, é importante levar em conta seus gostos pessoais, sua personalidade e seus objetivos.


Você pode pesquisar sobre os diferentes estilos de dança na internet, assistir a vídeos, ler sobre a história e a cultura de cada um, ouvir as músicas e ver quais te chamam mais a atenção. Você também pode experimentar visitar a SAM, e fazer uma aula experimental.


Não se preocupe em se encaixar em um único estilo de dança. Você pode gostar de mais de um e praticá-los alternadamente ou simultaneamente. O importante é se sentir bem e se divertir com a dança.


Procure uma boa escola


Depois de escolher um estilo de dança que te agrade, é hora de procurar uma boa escola que possa te ensinar os fundamentos e as técnicas da modalidade. Uma boa escola ou professor de dança deve ter:


- Qualificação profissional e experiência na área

- Metodologia adequada ao nível e ao ritmo dos alunos

- Infraestrutura e equipamentos adequados para a prática da dança

- Ambiente acolhedor e respeitoso com os alunos

- Disponibilidade de horários e valores compatíveis com sua rotina e seu orçamento


Você pode pesquisar sobre as escolas ou professores de dança na sua região na internet, pedir indicações para amigos ou familiares que já praticam dança, ou visitar as instalações e conversar com os responsáveis antes de se matricular.


Tenha paciência e persistência


Aprender a dançar não é algo que acontece da noite para o dia. É preciso ter paciência e persistência para desenvolver as habilidades necessárias para cada estilo de dança. Não se compare com outros alunos ou com profissionais da área. Cada um tem seu tempo e seu processo de aprendizagem.


O importante é não desistir diante das dificuldades e dos erros. Eles fazem parte do processo e são oportunidades de melhoria. Procure sempre tirar suas dúvidas com o professor, praticar o que aprendeu nas aulas em casa ou em outros espaços, assistir a vídeos ou apresentações de dança para se inspirar e se motivar.


Celebre suas conquistas


Aprender a dançar também é uma forma de celebrar suas conquistas. A cada passo aprendido, a cada coreografia executada, a cada aplauso recebido, você está demonstrando seu progresso e sua evolução na dança. Reconheça seu esforço e seu talento. Seja grato por poder expressar sua arte através do corpo.


Dançar também é uma forma de socializar com outras pessoas que compartilham da mesma paixão. Faça amizades na escola ou na academia de dança, participe de eventos ou festivais relacionados à modalidade que você pratica, troque experiências e conhecimentos com outros dançarinos.


Aproveite os benefícios da dança


Dançar pode trazer muitos benefícios para sua vida. Alguns deles são:


  • Melhora da coordenação motora, do equilíbrio, da flexibilidade, da resistência e da força muscular

  • Prevenção e tratamento de doenças como obesidade, hipertensão, diabetes, osteoporose, depressão, ansiedade, etc.

  • Estímulo da criatividade, da memória, da concentração e da autoestima

  • Liberação de endorfinas, hormônios responsáveis pela sensação de bem-estar e prazer

  • Redução do estresse e da tensão muscular

  • Ampliação da cultura e do repertório artístico


Com tantos benefícios, não há motivo para não se aventurar na dança. Esperamos que essas dicas te ajudem a começar e a superar os desafios que podem surgir no caminho. Lembre-se: dançar é uma forma de se expressar, se divertir e se cuidar. Então, coloque uma música e dance como se ninguém estivesse vendo!

23 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page